Noticias  


2014-02-24
Source: Deley de Acari

POSSÍVEIS EXECUÇÕES E AMEAÇAS A MORADORES EM ACARI

Recebemos agora, através do companheiro Deley de Acari, mais uma denúncia de violência policial e, no caso, ameaça direta a moradores e militantes de direitos humanos. Hoje pela manhã, moradores tomaram conhecimento de 2 mortos, decorrentes de uma operação policial realizada de madrugada pelo Bope, aparentemente uma "vingança" e "acerto" devido supostamente à morte de um policial na noite de domingo. Os mortos ao que tudo indica são membros do tráfico mas teriam sido executados, e não mortos em confronto, como alegado pelos PMs. Os moradores tentaram se aproximar e argumentar que os corpos não deveriam ser removidos, e sim que se esperasse a perícia. Os policiais, irritados, atiraram com fuzis em direção aos moradores e jogaram granadas de gás sobre as pessoas, gerando revolta. Um jovem morador, Bel, que foi baleado numa operação policial no carnaval de cinco anos atrás, e que por isso move processo contra o Estado, foi para a laje de sua casa para telefonar e denunciar a intimidação à Comissão de Direitos Humanos da Alerj. Vendo isso, policiais entraram arbitrariamente em sua casa, bateram em Bel e disseram: "tá ligando para os Direitos Humanos? Eles podem vir aqui que quebramos você e eles!". Essa é o tipo de intimidação permanente que os militantes pelos Direitos Humanos que moram nas favelas enfrentam todo dia!

NÃO NOS CALAREMOS!
CHEGA DE POLÍCIA ASSASSINA E TRUCULENTA!

Mais informações com Deley, no tel. 9 8058-4399

print